Zets Run Team: Abril 2013

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Mizuno 10 Miles Series 2013 - Etapa SP





Data: 21/04/2013 7h30
Local: Jockey Club
Modalidades: 10 Milhas (16,093 Km) / 5 Milhas (8,046 Km) / 2,5 Milhas (4,023 Km)

A Mizuno 10 Miles é uma prova tradicional que acontece todo ano no Jockey Clube de SP. Sabíamos da qualidade da prova, por isso eu e o Richard a escolhemos como parte de nosso treino para os 21k, fazendo as 10 milhas. Estavam presentes ainda Bruno e Milena, além da ilustre russa, amiga do casal Thijssen professora de inglês, Anastasia Gorskaya, que fizeram 5 milhas. O Fred e a Juliana fizeram 2,5 milhas em sua primeira prova, mas não nos encontramos. Estamos muito felizes em saber que o casal Frigieri se juntou a nós. A equipe de apoio também esteve presente: Lucia (agora grávida de quase 5 meses) e Malu foram nos prestigiar.

A organização da prova estava de parabéns: banheiros, hidratação, staff, kit. Aliás, a camiseta Mizuno com tecnologia Quickdry Plus tem ótima qualidade! Enfim, tudo feito por profissionais, diferente de amadores que achamos por aí no mercado, como um tal de Adriano da HeroCross! Bom, deixa para lá...

A largada foi organizada, separada por ritmo. Antes do início da prova houve um minuto de silêncio em homenagem ao triste acontecimento na maratona de Boston. Pessoas celebrando a saúde, a família, foram mortas e feridas por seres inconsequentes e desumanos. Eu também fiz minha homenagem e coloquei Sweet Caroline como primeira música da playlist. Tive essa ideia quando o New York Yankees, arqui-rival do Boston Red Sox, anunciou que iria tocar a música durante o seu jogo em casa, precedido por um momento de silêncio, em homenagem às vítimas. Não sei direito o porquê desta musica ser dedicada ao time de Boston, no entanto, ao assistir o Neil Diamond cantando na partida do Boston Red Sox durante a semana em homenagem ao atentado, decidi que faria a homenagem da minha forma.



A estratégia era de começarmos a 9km/h e subirmos aos poucos, mantendo a FC na Zona 4 (entre 80% e 85% da FCmáx). Fizemos o primeiro km na média de 8km/h devido ao tumulto, depois confortavelmente progredimos para os 10km/h.

Encontramos mais uma vez o sósia do Goleiro Cássio. O Richard conversou com ele. Eu o vejo desde a São Silvestre, onde segundo ele, começou esta homenagem, como forma de agradecer ao Cássio tudo o que fez no Corinthians.

Cássio e seu Sósia corredor



O percurso foi tranquilo. Largamos na Lineu de Paula Machado, em frente ao Jockey, seguimos pela Valdemar Ferreira, Afrânio Peixoto e Alvarenga até cruzarmos a Marginal pela ponte da Cidade Universitária. A propósito, que vergonha este rio nestas condições! Água escura e fétida! Imagine que felicidade quando corredores cruzarem ou até correrem nas marginais vendo um rio navegável, com vida... Esperança das autoridades investirem em tecnologias que acelerem a limpeza dos rios assim como o investimento na educação para que o povo PARE DE JOGAR LIXO ONDE NÃO DEVE!!!

Voltando....

Uma leve subida da ponte, seguida de uma descida na Av. Professor Manuel José Chaves. Muito legal a sensação de correr onde você corriqueiramente passa de carro em São Paulo. Na verdade, esse é nosso caminho para a Academia BodyTech no Shopping Eldorado.
Após contornarmos a Praça Pan-Americana, seguimos na Professor Fonseca Rodrigues com o Parque Vila Lobos à nossa direita. Fizemos retorno e voltamos pelo mesmo caminho.
Já no km 14 eu estava tentando falar com a Lucia, para combinarmos o término com a Malu na linha de chegada. Enquanto telefonava, demos uma desacelerada, mas mesmo assim continuávamos entre 9 e 10km/h. Faltava pouco para o final e nós estávamos inteiros. Não há dúvidas: um treino disciplinado faz toda a diferença!

Ao adentrarmos o Jockey, consegui falar com a Lu e combinamos a transferência da Malu nos últimos 100m. Terminamos juntos: eu, a Malu e o Richard!
Encontramos o resto da equipe e mais uma etapa completa. Parabéns ao time Zets de corrida de rua!!!

Parabéns novamente a organização da prova. Como esperado, percurso bem sinalizado, postos de hidratação organizados, com bom espaços entre os mesmos, posto de isotônicos, muitos staffs.


Em breve novas fotos...














Bruno

Mauro

Milena




Malu, Mauro, Milena, Richard e Bruno






Malu, Mauro, Milena, Richard, Bruno e Anastasia Gorskaya

domingo, 21 de abril de 2013

Cancelamento e Calote da HERO CROSS BRASIL

http://www.facebook.com/herocrossbrasil

"Caros amigos, colaboradores e prestadores de serviço,

Ao conhecer os eventos de corrida com obstáculos nos Estados Unidos há aproximadamente 2 anos, logo tive a ideia em trazê-lo para o Brasil, certo de que seria um sucesso. Imaginei que seria possível fazer uma evento maravilhoso, onde todos ficariam felizes, satisfeitos e com a auto-estima elevada. No entanto, por inexperiência em realizar eventos no Brasil, não sabia que para um evento simples como este, esportivo, de saúde e bem estar, existiriam tantas exigências como as que me foram feitas pela legislação em vigor. Quando o evento foi cancelado no dia 24 de março passado, me cerquei de pessoas competentes e experientes para que o evento fosse realizado na nova data com sucesso, mas mesmo assim esbarramos na burocracia e desta vez na falta de financiamento (devido ao alto investimento para montagem do evento para o dia 24/03 e sendo um evento independente, sem patrocinadores), sendo impossível até para um esportista obstinado como eu prosseguir com um projeto que tem tudo para ser um sucesso.

Por isso, é com pesar que informo a todos vocês que o HERO CROSS ITU está definitivamente cancelado, assim como os próximos eventos, pelo menos até que se possa encontrar um parceiro disposto a investir em um evento que insisto, será um sucesso!

Aproveito para solicitar a colaboração e a compreensão de todos os atletas que estavam inscritos, no sentido de que os reembolsos das taxas de inscrição somente poderão ser feitas caso ocorram novos eventos, pois acredito firmemente que encontrarei parceiros dispostos a investir nesse evento esportivo, o nosso HERO CROSS. Além disso, passarei a procurar cidades (estou aberto a sugestões) que queiram receber o evento, como parceiros, com estímulo ao turismo, à saúde e ao bem estar.

Caso eu não encontre essa colaboração de todos vocês, infelizmente, sou obrigado a dizer que a falência será certeira e com isso o fim do meu sonho e também de muitos atletas.

Aproveito para agradecer a todos os que estiveram e continuam ao nosso lado. Aproveito, outrossim, para informar que os canais de comunicação continuarão abertos para diálogos e tentativa de solução dos problemas.



Atenciosamente,



Adriano Dias Maciel
Equipe Hero Cross
adriano@herocross.com.br"

domingo, 7 de abril de 2013

Imporância da frequência cardíaca na corrida


TRAÇANDO SUA PERFORMANCE
Acompanhar sua frequência cardíaca lhe permite maximizar a eficácia do seu tempo de treinamento. Ela o ajuda a ajustar o seu esforço para que você possa atingir os objetivos de cada exercício. O primeiro passo é o de determinar sua frequência cardíaca máxima (MHR) e a de repouso (RHR) de modo que você possa utilizá-las para estabelecer a sua faixa de frequência cardíaca do treinamento (THRR). Para isso, seria bom fazer um teste forte e bem feito. O seu professor poderá, então, lhe dizer quais são suas as taxas máximas e de repouso, e qual faixa de treinamento seria melhor para você. A outra maneira é usar as fórmulas matemáticas, explicadas a seguir, que lhe dará uma boa aproximação.
Para estimar a sua frequência cardíaca máxima, você pode usar a regra de ouro que sua frequência cardíaca máxima (MHR) é 220 menos a sua idade. Você pode encontrar o a sua frequência cardíaca de repouso (RHR) ao deitar ou sentar por um tempo parado e depois ver sua pulsação (faça isso várias vezes e tire a média para ter maior precisão). Por subtrair RHR de MHR, você irá determinar a sua frequência cardíaca reserva (HRR). Você pode então calcular sua taxa de frequência cardíaca pegando as percentagens prescritas deste HRR e adicioná-los de volta para o RHR. Mais especificamente, para o treinamento aeróbio você pega 50-75% do seu HRR e adiciona ao seu RHR para conseguir sua frequência cardíaca do treino. Para o treinamento anaeróbio, você pega 80-85% do HRR e adiciona de volta para o RHR para ter sua taxa de treino. Os exemplos a seguir irão mostrar como fazer isto. Você pode usar a planilha fornecida para calcular os seus próprios valores.

FREQUÊNCIA CARDÍACA DE TREINO AERÓBIO
Vamos supor que você tem 50 anos de idade, com uma frequência cardíaca de repouso de alguém de 60. Utilizando 220 menos a sua idade (220 – 50), você calcula um MHR de 170. Subtraindo RHR do MHR, você obtém 170 - 60 = 110 para a sua HRR. A taxa de sua frequência cardíaca do treinamento aeróbio irá situar-se entre 50% e 75% de seu HRR: 50% dos 110 = 55; 75% de 110 = 83. Adicionando estes números de volta ao seu ritmo cardíaco, dá: 60 + 55 = 115 e 83 + 60 = 143. Assim, seu THRR aeróbio é de 115 a 143 batimentos por minuto. Se você se exercitar abaixo de 115, você irá diminuir a eficiência do seu treino. Se você se exercitar acima 143 por qualquer período de tempo, você vai se sentir a força.

TAXA DE FREQUÊNCIA CARDÍACA LIMIAR ANAERÓBIA
O limiar anaeróbio é a zona situada entre treinamento aeróbio e anaeróbio. Em um trecho de 5000 metros forte, ou seu melhor esforço durante 30 minutos, você provavelmente trabalha em seu limiar anaeróbio. Para calcular este intervalo, pegue 80 a 85% do seu HRR. Usando o HRR do primeiro exemplo nós temos: 80% de 110 = 88 e 85% de 110 = 94. Adicionando estes números para voltar ao seu RHR, dá: 88 + 60 = 148 e 94 + 60 = 154. Assim, o seu limiar anaeróbio THRR é 148 a 154 batimentos por minuto.

ALÉM DO LIMIAR ANAERÓBIO
Ir além da taxa de seu limiar anaeróbio é pedir para seu corpo trabalhar exclusivamente por via anaeróbia. Treinamentos anaeróbios são geralmente treinos intervalados, simplesmente porque o seu corpo não pode trabalhar por via anaeróbia por muito tempo sem descanso. Você pode fazer intervalos com força total ou intervalos repetidos. Nos intervalos com força total, onde você pode atingir o seu MHR, faça um intervalo de descanso mais longo para chegar a uma frequência cardíaca menor antes do próximo intervalo. Ao repetir, sua frequência cardíaca deve estar logo abaixo do MHR, tendo uma frequência cardíaca maior ao reiniciar.

PARA RESULTADOS MELHORES
Para obter resultados melhores, recomendamos uma dieta de todos os três tipos de treinos. A variedade irá fornecer ao seu corpo uma variedade de esforços produtivos, evitando o tédio e o uso excessivo de um sistema só. Sua porção maior das três deverá ser de trabalho aeróbio, onde a duração tem prioridade sobre a alta intensidade.

ACOMPANHE SEU PROGRESSO
Acompanhando sua frequência cardíaca dos treinos lhe permite acompanhar seu progresso de fitness. Além disso, testes periódicos serão muito informativos para você. À medida que a sua aptidão melhora, você vai descobrir que pode atingir mais metros, watts ou calorias em relação a um determinado ritmo cardíaco. Ou, ao mesmo ritmo, a sua frequência cardíaca será menor. Você também pode encontrar uma redução na sua taxa cardíaca de descanso. Por outro lado, se você encontrar aumentos na sua frequência cardíaca durante um determinado nível do treino ou na frequência cardíaca do repouso pode significar que você precisa de um tempo de descanso. Você pode estar excessivamente fatigado ou mostrando o começo de uma doença. Saber como seu sistema cardiovascular está respondendo ao treinamento irá reforçar o seu interesse em sua saúde e seu bem-estar.

© Copyright - Todos os direitos reservados à Concept2 Brasil
Rua Carlos Machado, 197
PoloRio de Cine & Video - Barra de Tijuca
Rio de Janeiro - RJ - Brasil - CEP 22.775-042 
Tel.: (21) 2421-1418

A corrida e o condicionamento cardiorespiratório

De acordo com Pereira e Borges (2006), os exercícios aeróbios colaboram substancialmente para a melhora do condicionamento cardiorrespiratório, e a corrida pode ser uma desses exercícios. De acordo com a revisão bibliográfica realizada pelos autores, uma corrida com duração superior a 40 minutos, de três a quatro vezes por semana, traz um aumento considerável no consumo máximo de oxigênio de um indivíduo ativo.
O exercício aeróbio, no caso a corrida, ativa todos os grandes grupos musculares e todos os tipos de fibras musculares, em especial as do tipo I. A corrida é o método mais prático e fácil de treinamento aeróbio a ser realizado. Pode ser praticada por todas as pessoas e em todos os níveis sociais. Com a corrida, o treinamento das capacidades aeróbias poderá ocorrer dentro dos métodos contínuo e intervalado. As capacidades a serem treinadas são a potência aeróbia e a resistência aeróbia. A primeira, é desenvolvida preferencialmente por meio de protocolos de treinamento intervalado e a segunda, no método contínuo. Portanto, uma periodização de corrida bem elaborada e bem executada fará com que o praticante tenha melhora substancial no nível de condicionamento cardiorrespiratório.

sábado, 6 de abril de 2013

Treino 4.3

Treino para 21k
Treino 3/3 da semana 4
14 Km Moderado Forte




Treino 4.2


Treino para 21k
Treino 2/3 da semana 4
10' Muito Leve (Aquecimento)
13 x (500m Forte + 1'30'' Leve)
10' Muito Leve (Desaquecimento)



Comunicado Hero Cross - Revalidação inscrição

http://www.minhasinscricoes.com.br/herocrossobstaclesrace/2013/



Lembrando que todos que já enviaram o e-mail solicitando reembolso ou voucher não precisam acessar o link para fazer esta validação, porém, fazendo novamente através do link conseguiremos agilizar o processo.

"Olá Heroes, atingimos mais de 500 revalidações de inscrições hoje. Pedimos a todos que estão tendo problemas com o CPF para que enviem um email para reembolso@herocross.com.br com o assunto CADASTRO CPF, solucionaremos os casos individualmente. Os outros emails já enviados com dúvidas e perguntas serão respondidos, a nossa equipe está trabalhando para que sejam todos atendidos o mais breve possível. Boa Noite Heroes."

Fonte: http://www.facebook.com/herocrossbrasil

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Treino 4.1


Treino para 21k
Treino 1/3 da semana 4
10' Muito Leve (Aquecimento)
10 x (4' Forte + 1'30'' Muito Leve)
10' Muito Leve (Desaquecimento)


segunda-feira, 1 de abril de 2013

Treino 3.3 - longão


Treino para 21k
Treino 3/3 da semana 3
14k na zona de queima por 1:40
Treinamento aeróbio

Fim de semana irado, com os amigos e a família curtindo muita praia, surf, risadas e sem deixar o treino de lado fomos para a corrida.

Pulamos o treino 3.2, que seria algo do tipo (10' aquecendo, 10 x 500 metros com FO de intensidade + 1'30'' de descanso). Para compensar essa falta, hoje no domingo fizemos 3.43km debaixo do sol para um reconhecimento da praia dura. Estávamos procurando o melhor canto da praia para surfar com Stand-UP, isso porque o mar hoje estava forte 1 metro e meio, com ondulação de sudeste e vento também de sudeste. Dificultando bastante para varar a arrebentação com aquela prancha que mais parece um barco. Enfim, deu para descer umas ondas e treinar bastante a remada em um mar pesado.

Aquecimento para o surf

Saímos por volta de 11:40 assim que a chuva passou, o tempo estava ótimo e decidimos ir até a praia dura pela estrada da fortaleza. 
A corrida foi tranquila, pesada nas subidas. Afinal de contas eu e o Richard tínhamos treinado perna a menos de dois dias e no dia anterior surfamos bastante de STAND-UP, que exige muito dos membros inferiores para o equilíbrio, principalmente quando a remada é para o surf nas ondas.

Enfim, a corrida assim como o final de semana foi muito bom, e engraçado também.

Longão até a praia dura



Ae Turma da Corrida!

Resolvi iniciar uma planilha para melhorar o tempo nos 10k. O primeiro objetivo será 50'.

O primeiro treino foi tranquilo, dor no quadril esquerdo aos 5,5km, dor no joelho direito aos 7km e uma bolha do pé direito aos 9km, todas suportáveis.

Tempo do treino 1:00:00Distancia: 10.4km

Segue planilha:

Semana Dom. Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sab.
1 Descanso Rodagem 1 hora (confortável) Descanso Fartlek 1 min acelerado x 2 min trote Descanso Ritmo 4-6 km (forte) Descanso
2 Descanso Rodagem 1 hora (confortável) Descanso Fartlek 1 min 30 acelerado x 1 min 30 trote Descanso Ritmo 5-7 km (forte) Descanso
3 Descanso Rodagem 1 hora (confortável) Descanso Fartlek 2 min acelerado x 1 min trote Descanso Ritmo 6-8 km (forte) Descanso
4 Descanso Trote 40 min grama / suave Descanso Trote 40 min grama / suave Descanso Trote 25 min grama / suave Descanso Sab. e Prova Domingo.